Apresentação Pública

Hoje, dia 2 de Junho (2008 ), teve lugar a apresentação pública do nosso projecto no auditório do CAIC, perante um júri e alguns alunos da escola.

Agora que finalizámos o projecto e o apresentámos à escola podemos dar por encerrado o trabalho de um ano.
Pensamos que a apresentação correu pelo melhor, também agradecer ao auditório e ao júri que em muito ajudaram nesta tarefa árdua de apresentar o trabalho. Ficámos bastante satisfeitos com a globalidade do projecto e, agora, em jeito de retrospectiva, convidamos todos os que assistiram ao projecto desde o seu estado embrionário ou simplesmente estiveram na apresentação a expressarem a sua opinião relativamente ao projecto ou à apresentação no nosso Fórum.
Gratos desde já pelo apoio, agradecemos também que registem as vossas opiniões no nosso espaço e, assim, deixem também a vossa marca no encerramento deste projecto.

Junho 2, 2008 at 9:16 pm Deixe o seu comentário

Final dos trabalhos de construção

.Com a apresentação pública do projecto cada vez mais próxima, foi necessário acelerar o ritmo de trabalho para concluir a maqueta. Assim, após várias semanas de trabalho árduo conseguimos finalmente concluir a construção da maqueta, implementando nesta aquilo que tinhamos inicialmente planeado, embora com algumas diferenças relativamente ao modelo 3D e com a qualidade que nos foi possível.

 

No próximo dia 2 de Junho iremos apresentar o projecto no auditório do Colégio.

Pensamos que foi um trabalho bastante positivo face aos nossos conhecimentos relativamente à construção de maquetas.

Junho 1, 2008 at 4:01 pm Deixe o seu comentário

Quercus apela a investimento na microprodução de electricidade e água quente solar

Na véspera do Dia Mundial da Energia, os ambientalistas da Quercus alertam o governo para a necessidade de rever a atribuição de potência na microprodução de electricidade e de estabelecer metas mais ambiciosas para a água quente solar.

Desde o início de Abril, os consumidores podem produzir electricidade em casa (microprodução), através de painéis fotovoltaicos e mini-eólicas, e vender o excedente à rede eléctrica pública, mas necessitam de fazer o registo dessa microprodução.

No entanto, os pedidos de registo esgotaram no próprio dia em que foram aceites as primeiras inscrições, por terem atingido o máximo permitido de dois megawatts (MW) por mês.

Segundo a Direcção-Geral de Geologia e Energia, sempre que – no período de um mês de aplicação do diploma – o somatório da potência dos pré-registos atingir 20 por cento do limite anual da potência de ligação, o sistema aceitará apenas novos registos no mês seguinte.

Francisco Ferreira da Quercus, em declarações à Lusa, defende que este sistema devia ser revisto: “Os registos, que esgotaram em horas, mostram que há uma enorme apetência de um conjunto de portugueses para investir na microprodução de electricidade renovável”.

O ambientalista defende que o governo deve ampliar o regime, permitindo a entrada de mais consumidores, e sem alterar a tarifa (no regime bonificado, com o limite de anual de 10 MW, é de 65 centimos por Kwh).

A Quercus alerta ainda para a importância de promover a energia solar num país como Portugal, onde o número total de horas de sol é um dos mais elevados da Europa.

A energia solar, que pode ser também aproveitada para produzir electricidade, é actualmente mais usada para a produção de água quente sanitária ou em equipamentos como piscinas.

A Quercus considera “fundamental” a instalação de água quente solar em moradias e principalmente em prédios existentes.

“A falta de uma campanha e de outras formas de visibilidade desta solução tem impedido que o parque habitacional utilize o potencial que a energia solar encerra”, defende a associação ambientalista.

Retirado de: Portal das Energias Renováveis

Maio 29, 2008 at 8:29 pm Deixe o seu comentário

Brasil reafirma-se como produtor sustentável de energia

Depois de quatro dias de debate sobre alternativas de produção energética, o Fórum Global de Energias Renováveis terminou com a conclusão de que é possível encontrar saídas para que os países se desenvolvam sem comprometer a sustentabilidade do planeta.

Mais de mil pessoas de 50 países estiveram em Foz do Iguaçu para tratar da produção de biocombustíveis, energias solar e eólica, hidroeléctricas e biomassa. O papel do Brasil neste cenário foi destacadao:

– é o maior exemplo do mundo na produção de energia eléctrica renovável. Ao todo, 91% da energia elétrica consumida no Brasil em 2006 veio de energia renovável. Agora aposta-se também na biomassa.

No encerramento do encontro, o director geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Onudi), Kandeh Yumkella, destacou o papel do Brasil na discussão das fontes renováveis de energia e lembrou a importância da troca de experiência entre os países.
O director de tecnologia da Eletrobrás, Ubirajara Rocha Meira, disse que o fórum atingiu os principais objetivos, com a reafirmação do Brasil junto à comunidade internacional, a obtenção de uma visão global dos benefícios das energias renováveis e dos obstáculos, além da criação de oportunidades comerciais entre entidades do mundo todo.

Fonte: Blog das Energias Renováveis

Maio 29, 2008 at 7:23 pm Deixe o seu comentário

Portugal investe milhões

O ministro da Economia, Manuel Pinho, afirmou que Portugal vai investir 12.000 milhões de euros no sector energético até 2012, entre barragens, centrais de ciclo combinado, parques eólicos e infraestruturas.

Manuel Pinho, em declarações aos jornalistas após a sua intervenção na Conferência Internacional de Energias Renováveis de Washington (WIREC 2008 ) , afirmou que existe «muito investimento e que o segredo é criar os incentivos certos e um quadro regulatório estável».
Esta mesma mensagem foi passada durante a sua intervenção perante milhares de congressistas no painel ministerial do WIREC, onde Manuel Pinho afirmou que Portugal tem uma «história de sucesso» nas energias renováveis.
Neste painel, que contou também com a participação do comissário europeu da Energia, Andris Piebalgs, vários ministros relataram as experiências dos seus países na área das energias renováveis.

O ministro da Economia afirmou que Portugal é nesta matéria um exemplo, tendo para 2020 o quinto objectivo mais ambicioso a nível europeu e talvez mundial em matéria de energias renováveis.

.

Fonte: Blog das Energias Renováveis (7 de Março de 2008 )

Maio 3, 2008 at 10:33 pm Deixe o seu comentário

Poupança de milhões com as Energias Renováveis !

Portugal pode poupar 700 milhões de euros por ano entre 2013 e 2020 em reduções nas importações no petróleo e gás.
Portugal tem uma das metas mais ambiciosas dos 27 na percentagem do consumo de energias renováveis em relação ao consumo bruto final de energia: passar dos 20,4 por cento de 2005 para os 31 por cento em 2020.


A nível europeu, o objectivo é passar dos 8,5 por cento de 2005 para os 11,5 por cento, cumprindo assim o compromisso assumido pelos líderes dos 27 no Conselho Europeu de Março de 2007.
Portugal deverá ser em 2020 o quinto país com uma percentagem mais elevada de consumo de energia a partir de fontes renováveis, apenas atrás de Suécia (49 %), Letónia (42%), Finlândia (38%) e Áustria (34%).

.
Fonte: Blog- Energias renováveis

Maio 1, 2008 at 12:26 pm Deixe o seu comentário

Curiosidades

Sabia que…

  • seria necessária uma área equivalente a 4x a cidade de Lisboa de painéis fotovoltaicos para satisfazer o consumo eléctrico em Portugal?
  • em cada hora de consumo eléctrico, cinco minutos são de produção eólica?
  • Portugal tem cerca de 250km de costa, onde se poderiam instalar 5GW de parques de ondas?
  • o balanço das emissões de CO2 resultante da queima de biomassa é nulo?
  • Portugal aproveita menos de 50% do seu potencial hidroeléctrico?
  • este ano, a produção de energia eléctrica a partir de recursos geotérmicos aumentou 1,6%?

  • .

Agora é a sua vez! Partilhe connosco algumas curiosidades de que tenha conhecimento!🙂 Utilize para esse fim este post ou o nosso fórum.

Nota: todas estas informações estão ligadas ao nosso país (Portugal), não servindo de referência noutros.

Abril 19, 2008 at 9:39 am 1 comentário

Artigos mais antigos


Setembro 2016
M T W T F S S
« Jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Novidades no Blog

>Nova apresentação

Estatísticas do Blog

  • 790,507 visitantes

Artigos recentes