Fórum

chat-logo.png

Nesta página está à sua disposição um espaço para debater questões que ache pertinentes acerca do tema geral que é tratado em todo o site. Contribua com questões e sugira temas que poderão ser evidenciados para que todos dêem a sua opinião.

Contamos com a sua colaboração!

12 comentários Add your own

  • 1. Andre  |  Dezembro 7, 2007 às 9:17 pm

    Nestas coisas, o mais díficil é dar o primeiro passo, por isso, arrisco tomar a inicitiva de iniciar aquilo que gostaríamos que fosse um debate/discussão animada.

    Ora, na minha opinião, é de todo benéfica a construção de uma central nuclear no nosso país! Julgo ser uma alternativa fulcral à crise energética que se tem vindo a agravar.
    Penso que, ao fazermos a proporção, chamemos-lhe assim, entre risco-benefício, encontramos razões suficientes para colocar mãos à obra e construir aquilo que nos poderá fazer sair do buraco que é a crise energética!

    Um bem haja!

    Responder
  • 2. Joao  |  Dezembro 10, 2007 às 10:33 pm

    Eu tambem sou a favor da construçao da central nuclear… em termos practicos resultaria na descida do preço da energia electrica…
    Os riscos apenas exigem alguma atençao e precauçao… esperemos que os trabalhadores da central o encarem com seriedade… nao podemos e continuar sujeitos a vontade dos milionarios do petroleo assim como sujeitos a guerras com fundamentos puramente economicos…
    Aceitam-se opinioes!

    Responder
  • 3. Nuno  |  Dezembro 20, 2007 às 8:26 pm

    O Nuno concorda com as vossas opiniões. O Nuno acha que, desde que haja pessoal qualificado, a central nuclear não deve ser temida. É sabido que o povo português é bastante cauteloso e duvida de tudo o que é novidade, mas não faz sentido que por medos infundados continuemos atrasados.

    Quanto à questão da água, o comodismo e o conforto continuam a roubar pontos à responsabilidade e consciência. Sabe bem melhor tomar um belo banho de emersão, ou um duche de duas horas. Seria estupidamente hipócrita dizer o contrário. Por isso, e como animal extremamente egoísta que é, o Homem continua a abusar e a gastar desmedidamente o que deveria pertencer a todos, para sempre.
    É necessária uma maior sensibilização, mas, principalmente, uma mudança de mentalidade e atitude face a este problema.

    Perdoem eventuais falhas ortográficas ou de pontuação não tenho paciência para verificar o texto.
    Abraço e bom trabalho😉

    Responder
  • 4. Andre  |  Dezembro 20, 2007 às 10:01 pm

    Depois de ter opinado relativamente à construçao da central nuclear, parece-me relevante que faça o mesmo em relaçao ao problema da escassez de agua!

    Estou inteiramente de acordo com o Nuno, quando afirma que é uma questao de mentalidade!
    Falando pessoalmente, todas as dicas que nos eram dadas para poupar agua, como por exmplo, colocar uma garrafa de agua no autoclismo, me pareciam insignificantes, cómicas até, mas face ao grave problema com que nos deparamos, todos os gestos por mais simples que sejam, são fundamentais!

    VIVA AS SANITAS COM GARRAFAS!🙂

    Responder
  • 5. Sofia Nogueira Leite  |  Dezembro 20, 2007 às 10:15 pm

    Vou optar por discordar do Nuno. Não creio que uma central nuclear seja sinónimo de futuro. Acredito que esse está na aposta em energias limpas e renováveis. Como era de esperar, as entidades governativas mostram-se intimidadas pelos custos elevados que o investimento neste tipo de energias acata, mas, felizmente, algumas entidades privadas têm demonstrado interesse, entre elas uma empresa Alemã, que tem em mente um mega-projecto para a instalação de paineis solares no Alentejo. Atentem que logo na década de 70 a Alemanha se viu confrontada com o problema da acumulação de lixo nuclear e chegou a criar “cemitérios” para o mesmo. É um facto que se têm procurado formas de acelerar a decomposição desse lixo, mas chegou a altura de investir em alternativas viáveis. Lembro que o interior de Portugal é a zona da Europa com mais elevados valores de insolação, tem uma vasta área litoral,…, enfim, um forte potencial na produção de energia através de recursos naturais… (não esquecer exemplo da Madeira e de ilhas do arquipélago dos Açores).
    Em suma, Portugal tem tudo para apostar neste tipo de energias, só lhe falta brio e vontade de não ficar atrás.
    Não me oponho a uma central nuclear por medo, mas porque entendo que seja uma forma de energia ultrapassada, até porque, na ocorrência de um acidente nuclear em Espanha, Portugal seria certamente afectado…

    Quanto à questão da água, sou apologista do princípio ‘poluidor-pagador’ e mantenho ainda alguma fé em campanhas de sensibilização.

    Parabéns pela iniciativa e bom trabalho!

    Responder
  • 6. Nônô DB  |  Janeiro 19, 2008 às 11:03 pm

    A Energia Nuclear não é, claramente, a solução. Há 30 anos atrás talvez fosse. Hoje, porém, já há outros meios rentáveis. De resto, subscrevo a Sofia NL, talvez porque as fontes de aprendizagem sejam as mesmas.

    Bom trabalho!!!

    Responder
  • 7. CesarGoncalves  |  Janeiro 21, 2008 às 7:20 pm

    Viva!

    Antes demais, parabéns por este vosso projecto e este nobre espaço de debate.

    Só agora estamos a dar os primeiros passos nas energias renováveis. Portugal dispõe de óptimas condições (nomeadamente magnifica exposição solar) para desenvolver e incentivar este tipo de “energias limpas”, embora com o sacrificio de alguma “poluição visual”. Naturalmente o preço de energia assim obtida, ainda não será competitivo, comparativamente à energia obtida através dos meios tradicionais, mas uma maior massificação de meios ao serviço da energia renovável, poderá contrariar este custo mais elevado.
    E é por falar em custo, que entra em cena a construção de centrais nucleares, pois a energia assim produzida é muito menos onerosa. Mas (e em tudo na vida há um mas…), mesmo sabendo que hoje a centrais nucleares são muito mais seguras, não creio ser esse o caminho num futuro que queremos mais limpo, mais saudável, em suma: de um caminho para caminhar.

    Reitero os parabéns e Bom Trabalho.

    Responder
  • 8. simoes santos  |  Fevereiro 7, 2008 às 10:14 pm

    Olá pessoal!
    Gosto muito do vosso projecto !!!

    O Tema que debatem aqui, há muito tempo que já é debatido, desde as mais altas individualidades até a alunos das escolas. E o que a mim me parece interessante é o facto de apesar de todos os estudos ambientais que existem, e de todo o debate que se tem feito … não chegamos a solução NENHUMA !!!
    Já sabemos as vantagens … e mais , também sabemos as desvantagens !!! então que esperamos????!!
    (…)
    Agora não nos devemos esquecer que a Componente Económica não só é importante como fundamental e decisiva !!!

    A Energia produzida por cisão nuclear é bastante barata … que permitiria a Portugal passar de Importador a Exportador … diminuindo os custos de produção de bens e serviços … incentivando o consumo e o investimento … que levará Portugal a um Novo Crescimento Económico. Já para não falar nos benefícios do desenvolvimento tecnologico, criação de emprego, e desemvolvimento regional …
    Por todas estas externalidades positivas e ponderando que os custos ambientais serão minimizados a todo o custo a minha posição é a favor da construção de uma Central Nuclear !!!

    Seria um abalar da Sociedade Portuguesa que traria, na minha opiniao, desenvolvimento …

    Reitero que existem algumas extrenalidades negativas … como a dependência económica e alguns custos ambientais … mas se as controlar-mos não haverá problema.

    A par destas medidas, acho que num esforço comunitário, a União Europeia, deveria investir na investigação da produção de energia por fusão nuclear ou o uso de partículas de anti-matéria, na tentativa de desenvolver uma técnica de produção de energia que não acarretasse os custos ambientais inerentes á fisão nuclear.

    Obviamente que enquanto isto não for possível Portugal deverá investir na aplicação de energias limpas, como a solar e a eólica (que são muito propícias em Portugal) para que diminua a sua dependência face ao exterior.

    adios

    Responder
  • 9. Andre Filipe Monteiro  |  Fevereiro 9, 2008 às 12:38 pm

    Este será o meu primeiro comentário como FilipeMonteiro gestor da Corneta do Diabo!
    Na verdade, já aqui deixei a minha opinião relativa a este tão badalado tema e opto desta vez por expressar o meu contentamento com o rumo que este Forum de discussão está a ter, tendo no entanto a noção de que, tal como disse o simoes santos, as inumeras discussoes e debates já realiadas não levarem a nada de concreto!
    Mas não custa debater, sonhar até…porque o sonho comanda a vida, right?😉

    Responder
  • 10. Joao  |  Fevereiro 15, 2008 às 7:10 pm

    Gostava de mudar um pouquinho o rumo deste fórum lançando a seguinte “acha” para a fogueira:
    Numa determinada aula desta semana, um professor confrontou-nos com a notícia de que com o aumento da produção de biodiesel, o preço dos cereais estava tambem a aumentar… Isto é lógico e coerente (lei da oferta e da procura), nao sabemos é até que ponto isto será REALMENTE uma solução, será apenas até à altura em que num lado do planeta haja (mais) pessoas a morrer à fome para que do outro qualquer um de nós possa conduzir o seu carro novo e limpo, movido a biodiesel?
    Sabemos pela lógica da História que a solução de um problema traz sempre outros problemas associados… Lanço a questão e aproveito também para felicitar todos os leitores deste blog e, acima de tudo, a todos os que participam activamente neste fórum!
    Cumprimentos!

    Responder
  • 11. Margarida Nascimento  |  Junho 2, 2008 às 4:38 pm

    Agora que já passou a apresentação pública…(uffa!!!) cá vai o comentário prometido:
    Excelente trabalho, uma abordagem clara, concisa e, acima de tudo, muito actual!…
    Aliás, outra coisa não seria de esperar!… Continuem assim, que o futuro será certamente repleto de sucessos.
    Alunos como vocês não se esquecem…
    Margarida Nascimento

    Responder
  • 12. Nuno Filipe Menezes da Silva  |  Dezembro 4, 2008 às 9:52 pm

    Julgo que os bloguistas não estão muito cientes dos riscos de uma central nuclear e de uma catástrofe?! Com toda a tecnologia existente inerente à construção de uma nova central, são praticamente inexistentes em termos de percentagem de isso acontecer, isto acontece porque a mão humana existente nas centrais é mais para sustentabilidade e manutenção do que para controlo. As centrais de hoje são quase autónomas e ao minimo desiquilibrio como o provocado por um tremor de terra, provoca a separação do núcleo radioctivo desactivando a central e a hipótese de avaria de tantos sensores só se coloca quando passados muitos anos a mão humana interfere desligando os sensores porque estes devolvem erros de inoperacionalidade por falta de revisão…
    Ainda não existe forma de fazer energia com tanta facilidade a grande escala comparável e para fazer-se frente a subida da procura quando se resolverem a fazer carros eléctricos, retirando os motores de explosão de circulação, tal como já se viram nas estradas e depois foram retirados porque uma petrolifera se lembrou de comprar todas as produções desses carros retirando do mercado os que existiam alugados, alguns com menos de um ano de circulação para demolição. isto passou-se à cerca de uma década e apesar da recente escalada do petróleo, a sociedade de informação nunca informou devidamente a sociedade contribuindo por vezes só para a divulgação de catástrofes auto-destrutivas para quem se debate com a compaixão diariamente e pouco instrutivas quanto aos acordos de cavalheiros estabelecidos pelos homens do poder que a troco de quantias astronomicas vão mantendo imperios colossais destruindo todo e todos que se lhes atravessam à frente em nome do progresso que vai destruindo o mundo em que vivemos de poluição porque a reutilização e reciclagem não são rentáveis.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


%d bloggers like this: